Início Economia Com investimento de R$ 15 bilhões, grupo do Chile traz fábrica de...

Com investimento de R$ 15 bilhões, grupo do Chile traz fábrica de celulose e deve gerar 12 mil empregos em MS

0

Mato Grosso do Sul vai ganhar mais uma fábrica de celulose. O grupo do Chile Arauco anunciou, nesta quarta-feira (22), a instalação de uma nova indústria em Inocência (MS). Ao todo, o investimento será de R$ 15 bilhões de reais. 

Conforme informado pela empresa, serão beneficiadas mais de 14 mil famílias, com geração de 12 mil empregos no pico da construção e 250 empregos diretos e 300 indiretos quando entrar em operação, além de 1,8 mil vagas de trabalho permanentes na parte florestal. 

O anuncio da implantação da nova fábrica em Mato Grosso do Sul foi feito na presença de representantes do governo do estado e do grupo chileno. 

A nova indústria é a 5ª do setor florestal no estado, o que consolida ainda mais Mato Grosso do Sul como potência na eucaliptocultura. 

A fábrica, em Inocência, vem ao estado na intenção de inovar a produção. A nova indústria deve ficar pronta em 2028 e o início das construções está previsto para 2024. No processo para homologação da fábrica falta apenas a licença ambiental. O grupo chileno já possui áreas de eucalipto plantadas no município para suprir a demanda do projeto. 

Para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) este é mais um compromisso firmado e cumprido com o desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul. ” Será uma unidade moderna, que vai gerar empregos, oportunidades, renda e desenvolvimento social em uma região que também integra a Costa Leste Florestal, mas que não tinha nenhum empreendimento deste tipo”, disse. 

O CEO da Arauco, Matias Domeyko Cassel, falou que Mato Grosso do Sul está inserido em uma região estratégica e destacou a importância da instalação da indústria no município que compõe a Costa Leste do estado. 

“Atuamos no país desde 2002, com as divisões de madeira e operação florestal, e agora estamos avaliando aumentar os investimentos realizados no Brasil, trazendo o setor de celulose para cá. Estamos muito animados com esta possível grande ampliação das atividades da Arauco ao Mato Grosso do Sul, uma região muito importante para a indústria, com grande potencial para o plantio de eucaliptos e excelentes opções logísticas para o escoamento da produção, além de agregar muitos benefícios econômicos e sociais para a região, e com uma, produção de energia limpa e crédito de carbono positivo”, ressaltou Cassel. 

Conforme dados do governo, o setor florestal de Mato Grosso do Sul é responsável pela geração de 27,2 mil empregos sendo 14.901 diretos e 12.312 indiretos. Em 2021, o segmento gerou 6.266 empregos a mais em relação a 2020. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui