Início Cotidiano Artista de Bonito customiza escultura de onça-pintada que vai estar em Nova...

Artista de Bonito customiza escultura de onça-pintada que vai estar em Nova York durante a Assembleia Geral da ONU

0

Celair Ramos, a Buga, de Bonito, é uma das quatro artistas plásticas que vão estilizar ao vivo esculturas de onças-pintadas que vão ser expostas em vários locais em São Paulo e, que, depois entre setembro e outubro serão apresentados em Nova York, nos Estados Unidos, durante a 77ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). 

Buga é uma renomada artista sul-mato-grossense. Ela nasceu na aldeia Tomásia, reserva indígena Kadiweu, na região da Serra da Bodoquena. Possui formação em magistério, mas nunca exerceu a profissão de educadora e tomou paixão pela arte desde cedo, sendo autodidata. O nome da obra que ela customizará ao vivo, será Onça Bonito. 

Além de Buga, também vão customizar esculturas de onças as artistas Kássia Rare, Vanessa Alexandre e Sophie Reiterman. A estilização será feita pelas artistas entre quinta e sexta-feira da próxima semana, dias 9 e 10, em um ateliê aberto ao público em um shopping na avenida Paulista, em São Paulo. 

O projeto é uma iniciativa da ISA CTEEP, maior transmissora privada de energia do país em parceria com a Jaguar Parade – intervenção artística urbana que reúne esculturas de onças-pintadas estilizadas. 

A ação está dentro do Programa Conexão Jaguar da empresa, que tem como objetivo promover a conservação da biodiversidade e a mitigação das mudanças do clima por meio da implementação de projetos florestais em áreas prioritárias para a proteção, recuperação e conexão do habitat e corredores da onça-pintada. 

Jaguar Parade

A curadoria do evento selecionou cerca de 40 projetos que serão executados por artistas e exibidos em São Paulo e depois em Nova York, durante a 77ª Assembleia Geral da ONU. Nesta edição, o evento acontecerá, em paralelo, de forma online e recebendo de maneira inédita artistas de obras digitais. Após seu encerramento, as esculturas serão leiloadas e 100% do lucro será destinado para projetos de preservação da espécie e seu habitat em diversos países da América Latina.  

A primeira edição da Jaguar Parade aconteceu em novembro de 2019, reunindo por volta de 90 estátuas, assim sendo, na época, considerada a maior exibição de arte urbana em céu aberto da história da cidade. Quase 10 milhões de pessoas nas ruas e parques de São Paulo foram impactadas com a exibição, contando também com um número estrondoso de impressões em mídias sociais, chegando a mais de 55 milhões de acessos. 

Assim como nas edições anteriores, todas as obras da Jaguar Parade NYC contarão com placas em Braille com sua respectiva identificação para que os portadores de baixa visão e deficientes visuais sejam incluídos na ação.

(Com G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui