Início Agronegócio Chuva de granizo provoca prejuízo de mais de R$ 19 milhões em...

Chuva de granizo provoca prejuízo de mais de R$ 19 milhões em lavouras de MS

0

Após um fim de semana com chuva de granizo e muito vento forte, os produtores rurais da região de Ponta Porã (MS), cidade na fronteira com o Paraguai, amanhecerem, nesta segunda-feira (25), contabilizando os prejuízos. Apenas nas lavouras de milho, a perda ultrapassa os R$ 19 milhões, conforme apontado pela Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). 

A chuva destruiu inúmeras lavouras. O relatório da Agraer aponta que as propriedades do assentamento Itamarati, na região de Ponta Porã (MS), perderam 25% da safrinha de milho, 50% do milho armazenada e no setor de hortaliças o prejuízo foi estimado em 60%. 

Nos levantamentos realizados pelos técnicos da Agraer, há uma estimativa que em torno 500 produtores rurais, tiveram suas atividades produtivas e para subsistência afetadas, nas referidas localidades. 

O levantamento detalha as perdas nas lavouras de milho, hortaliças, fruticultura e nos pastos de bovino cultura. A Agraer garantiu que vai dar assistência aos produtores rurais afetados. O valor em reais do prejuízo pode ser maior, pois o levantamento só levou em conta as lavouras de milho.

Prejuízos

Milho 2ª safra

Cerca de 25% das áreas de cultivo de milho safrinha foram afetadas. Alguns produtores possuem seguro agrícola e/ou PROAGRO, sendo que, esses produtores rurais, estão sendo recomendamos acionar as seguradoras e realizar a comunicação de perdas. 

“Levando em consideração as lavouras de milho safrinha atingidas, estavam na maioria em sua fase reprodutiva e parte em enchimento de grãos. Importante salientar que as perdas são irregulares por determinadas regiões. Relatos dos técnicos que existem regiões com perdas atingindo 100% e outras atingindo uma menor porcentagem”, detalha o levantamento. 

Hortaliças 

Em nota, a Agraer detalhou que as lavouras foram severamente afetadas pela chuva de granizo, principalmente as de folhagem, que possuem muito sensibilidade. “A perda estimada é em torno de 60% da produtividade esperada. Algumas estufas agrícolas para produção de tomate e pimentão, tiveram seus plásticos rasgados, dessa forma, os produtores terão que realizar os reparos”. 

Fruticultura

Produtores de abacaxi, laranja e banana foram prejudicados pela chuva de granizo. 

Bovinocultura de leite

“O efeito principal da chuva de granizo irá resultar menor oferta de pastagens para os rebanhos, com a consequente necessidade de adquirir maior quantidade de alimentos de fora da propriedade, agravando a crise enfrentada pelos produtores, com custos de produção elevada, além disso, foi afetada as lavouras de milho que estavam sendo cultivadas para silagem”, descreveram na nota da Agraer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui