Início Policial Em Bonito, comerciante é golpeado com facão e sofre traumatismo craniano em...

Em Bonito, comerciante é golpeado com facão e sofre traumatismo craniano em briga por dívida de celular

0

Um comerciante, de 44 anos, foi esfaqueado em Bonito (MS), a 297 km de Campo Grande, na tarde de quinta-feira (20), ao cobrar de um cliente, de 18 anos, o pagamento de um aparelho celular. Após discussão, a vítima arremessou uma pedra contra a residência dos pais do jovem. Segundos depois o rapaz saiu segurando um facão e passou a golpear o comerciante. 

O homem foi atingido na região da cabeça e braços e precisou ser transferido para Campo Grande no início da noite de quinta-feira, devido à gravidade das lesões. Conforme a Santa Casa da capital, a vítima deu entrada com traumatismo craniano, ferimentos no rosto, pernas e fratura exposta no antebraço direito. 

Logo após o ocorrido, o suspeito e o pai dele foram embora da residência. Os policiais foram até o local do crime e a mãe do suspeito informou que depois da desavença não teve mais contato com o marido e o filho. 

Buscas

Foi então que os policiais se dirigiram à residência em que o jovem mora com a própria esposa, onde não havia ninguém. Segundo a polícia, a esposa do suspeito teria falado a colegas de trabalho que talvez não voltasse mais ao serviço. 

Populares informaram à equipe policial que teriam visto o suspeito na companhia do cunhado, marido de sua irmã. Os policiais foram até a residência do cunhado, por volta das 23h, e verificaram por cima do muro que o suspeito estava no local. 

Assim que percebeu a presença dos policiais, o jovem tentou correr e pular o muro, mas a polícia conseguiu contê-lo. Conforme a ocorrência, ele aparentava estar muito nervoso e precisou ser contido por algemas. 

O rapaz confessou que esfaqueou o comerciante e que teria deixado o facão na casa de sua mãe. Segundo ele, todas as parcelas do celular já haviam sido pagas. O cunhado também foi levado para a delegacia e será investigado pelo crime de favorecimento pessoal. O pai do suspeito, que é apontado pela polícia como coautor, ainda não foi localizado. 

O comerciante segue internado na Santa Casa de Campo Grande, onde aguarda para realizar cirurgia para correção de fratura ortopédica. O caso é investigado pela Polícia Civil de Bonito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui