Início Policial Transexual de MS é presa por dopar e roubar clientes após programas

Transexual de MS é presa por dopar e roubar clientes após programas

0

Nascida em Coxim, a modelo transexual Mikaelly da Costa Martinez, de 25 anos, foi presa preventivamente na manhã desta segunda-feira (29) pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, acusada de ser chefe de uma associação criminosa que dopa e rouba clientes durante programas sexuais.

De acordo com as investigações, a modelo atraía homens por meio de um perfil no Instagram. Ao chegar no motel, segundo a polícia, a vítima era dopada e tinha objetos como celular, relógio e cartões de débito e crédito roubados pela suspeita. Ainda conforme a polícia, Mikaelly utilizava diversos nomes, o que dificulta sua identificação nos crimes.

Segundo os policiais da 16ª DP (Barra da Tijuca), a transexual possui 17 passagens por furto, além de dano e receptação em Mato Grosso do Sul. Em janeiro de 2015, ela foi presa em flagrante por matar a travesti Verônica Bismark, 20 anos, com um golpe de canivete, na BR-163, em Coxim.

A modelo também é suspeita de outros crimes de roubo com o uso do “Boa noite Cinderela” nas cidades de São Paulo, Florianópolis e Balneário Camboriú. Em 2019, Mikaelly recebeu o título de transexual mais bonita do Brasil ao vencer o Miss Transex Brasil 2019. Nas redes sociais, a modelo ostenta vida de luxo. (Com informações do Jornal Extra).

Homicídio

Sobre o homicídio, na ocasião em que foi presa em Coxim, Mikaelly contou à polícia que recebeu ligação de Verônica, que estava cobrando uma dívida. Então, ela pegou um táxi e foi até às margens da BR-163. No local, Verônica estava com outras duas travestis.

Durante a briga, a modelo conseguiu pegar o canivete e desferir um golpe contra Verônica, que saiu correndo, mas não resistiu e morreu no posto de combustíveis. Mikaelly fugiu no mesmo táxi e se escondeu na casa de um amigo, onde foi localizada pela polícia. Ela alegou legítima defesa.

(Com Campo Grande News)

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui