Início Policial Bandidos queimam carro após motorista se negar a fazer Pix de R$...

Bandidos queimam carro após motorista se negar a fazer Pix de R$ 1 mil

0

Depois ter o carro furtado no estacionamento de um supermercado em Campo Grande, na noite deste domingo (07), diretora teatral de 62 anos acabou encontrando o veículo VW Gol em chamas, poucas horas depois. Ela contou que não tinha R$ 1 mil para pagar os bandidos, que pediam transferência via Pix. O carro foi encontrado em bairro aos fundos do Aeroporto da Capital.

Elisabeth Terras contou que não estava utilizando o veículo e emprestou para um amigo, na noite de ontem. “Ele estava com meu carro porque o dele quebrou, emprestei porque não estou usando. Ontem a noite ele aproveitou para fazer compras com a esposa”, diz. Ao sair do supermercado, na Avenida Duque de Caxias, uma surpresa: “Quando saíram, cadê o carro? Sumiu”.

O amigo avisou Beth, como é conhecida, procurou câmeras de segurança do supermercado e registrou boletim de ocorrência. “O supermercado não quis fornecer as imagens e ele procurou a polícia para registrar o crime. Depois de algum tempo, um número privado começou a me ligar”, conta a diretora.

Ela diz que recebeu cerca de 20 ligações seguidas. “Eles pediram R$1 mil para entregar, mas eu disse que não tinha dinheiro, que furtaram carro de pobre. Então depois começaram a me perguntar quanto eu tinha e queriam me encontrar para fazer a entrega”, lembra.

A mulher continuou afirmando que não tinha dinheiro e pediu para que os autores ligassem nesta manhã, 08, que ela tentaria alguma quantia. “A última ligação eu não atendi mais”, revelou. Poucos minutos depois de não atender, descobriu que o carro foi visto em chamas. “Uma moça mandou um vídeo perguntando se não era meu carro. Quando abri a imagem, vi que era”, lamenta.

Nesta manhã, Beth diz que os bandidos ainda voltaram a ligar, mesmo depois de queimarem o veículo. “E aí dona? Arrumou o dinheiro?”, teriam questionado. O carro foi encontrado em bairro aos fundos do Aeroporto de Campo Grande, totalmente destruído.

“Meu amigo está arrasado se sente culpado, mas eu disse para ele que é só bem material, a mulher dele também teve a bolsa e documentos que ficaram no carro, todos queimados”.

Beth lamenta o ocorrido e pede respostas. “Agora que estamos recomeçando, estreando peça nova, nos reerguendo depois dessa pandemia. Você fica pensando, porque as coisas acontecem, mas acredito muito em Deus”.

(Campo Grande News)

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui