Início Policial Contratada para orar em casa de deputado federal, mulher foge com R$...

Contratada para orar em casa de deputado federal, mulher foge com R$ 330 mil e acaba presa em MS

0

Mulher, de 58 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa em Campo Grande como a principal suspeita de ter furtado R$ 330 mil do deputado federal Alcides Ribeiro Filho (PP-GO), “Professor Alcides”, no interior de Goiás. Contratada para realizar orações na casa do político, na cidade de Aparecida de Goiânia, a mulher teria se aproveitado do acesso ao imóvel para pegar o dinheiro. Parte do valor furtado foi usado para comprar veículos.

Acionada, equipe da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prestou apoio à 2º Delegacia Polícia Civil de Aparecida de Goiânia e localizou a mulher em residência na Rua Dr. Fauze Saueia, no Jardim Los Angeles.

Segundo a polícia, inicialmente, a mulher negou ter participado de qualquer tipo de furto, mas foi descoberta após autorizar a entrada das equipes em sua casa. Cédulas de dinheiro foram encontradas escondidas em várias partes de um guarda-roupas.

Com isso, a mulher confessou o crime. Sobre a dinâmica, ela revelou ter conhecido um homem, identificado apenas por Wagner, em grupo de orações que participava. O rapaz teria feito proposta para que a mulher trabalhasse para um deputado federal daquele Estado, realizando orações.

Conforme a Polícia Civil, após meses de convivência com Wagner, trabalhando para o “Professor Alcides”, o homem, que também morava na casa do político, teria mostrado uma caixa com diversos valores em dinheiro à mulher.

Conforme o relato da suspeita, em outra oportunidade, ela se aproveitou de descuido de Wagner para furtar pacote com dinheiro e esconder entre suas roupas. Depois disso, ela entrou em contato com o empregador dizendo que não tinha mais interesse em continuar trabalhando no local, bem como relatando decisão de retornar para Campo Grande.

Com o dinheiro furtado, pelo menos três veículos foram comprados, dois da marca Volkswagen (Fox e Voyage) e um Hyundai HB-20. Os carros, assim como R$ 47 mil que estavam na casa da mulher, foram apreendidos.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do deputado “Professor Alcides” solicitando entrevista e aguarda retorno.

(Com Campo Grande News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui