Início Política Clediane explica decisão de exonerar secretários e avisa sobre medidas judiciais contra...

Clediane explica decisão de exonerar secretários e avisa sobre medidas judiciais contra Janaína

0

A prefeita de Jardim, Dra Clediane Matzenbacher (DEM), explicou por meio nota oficial divulgada nesta sexta-feira (10) o motivo que a levou a exonerar os ex-secretários de Assistência Social e Obras, Lizete Bazzo e Geraldo Alencar (MDB), respectivamente.

De acordo com a gestora, os ex-titulares não estavam alinhados com as demandas do Executivo. “Eu e Geraldo não estávamos caminhando pelo mesmo propósito, que é Jardim. Durante várias reuniões tentei alinhar demandas com os ex secretários, mas estávamos indo em caminhos divergentes e a ruptura precisou acontecer”, contou.

No texto, a prefeita esclarece que a ruptura não tem caráter político. “DEM e MDB seguem juntos, essa decisão não foi tomada sozinha, teve a ciência e aval das duas bases”.

“Ressalta-se, uma exoneração é feita somente quando as demandas e trabalhos não estão sendo executados da maneira que deviriam ser. Seguimos um plano de governo que foi traçado com metas, planejamento e acordados entre os partidos e por Jardim não medirei esforços para cumprir”, completou.

A nota encerra com a negação sobre as acusações feitas pela segunda-dama Janaína Gonçalves, que vieram à tona após o vazamento de um áudio nas redes sociais. “Referente ao suposto áudio da senhora esposa do ex secretário de Obras, afirmo ser inverídica as acusações ao meu respeito e todas as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas”, avisou.

Leia a íntegra da nota: 

Nota Pública 

Amigos, não costumo rebater redes sociais, acusações e inverdades, porém sinto-me no dever de ser transparente e justificar os acontecimentos recentes.

Nos últimos dias tive que tomar algumas medidas que foram necessárias para continuarmos com nosso trabalho e bem estar da população.

Pleiteei uma eleição difícil onde esteve ao meu lado o Vice-Prefeito Geraldo Alencar, e ganhamos com 37,08% dos votos válidos.

Hoje estou prefeita de todos os munícipes de Jardim. Sabendo disso e, tendo total comprometimento com a população, tive que tomar decisões pontuais, necessárias e que doeram principalmente em mim.

Eu e Geraldo não estávamos caminhando pelo mesmo propósito, que é JARDIM! 

Durante várias reuniões tentei alinhar demandas com os ex secretários, Geraldo Alencar e Lizete Pereira Bazzo, mas estávamos indo em caminhos divergentes e a ruptura precisou acontecer. 

Nunca fui política e coloquei meu nome à disposição por Jardim, por querer o melhor para a população. Nossa gestão é para ser humanizada, é para poder atender as pessoas com dignidade, educação e respeito.

Como gestores temos a responsabilidade de trabalharmos, e atendermos a população. 

Pegamos sim uma prefeitura sem recursos, mas o nosso dever é fazermos o possível com o que temos, e não deixarmos que uma irresponsabilidade nos impeça de atendermos a população, como no caso a iluminação pública e os buracos que assolam nossa cidade, prejudica, e põe em risco muitos moradores, também a falta de assistência devida com humanização para quem precisa. 

Minha ruptura não tem caráter político, DEM e MDB seguem juntos, essa decisão não foi tomada sozinha, teve a ciência e aval das duas bases.

Ressalta-se, uma exoneração é feita somente quando as demandas e trabalhos não estão sendo executados da maneira que deviriam ser. Seguimos um plano de governo que foi traçado com metas, planejamento e acordados entre os partidos e por Jardim não medirei esforços para cumprir. 

Agradeço aos ex secretários pelos serviços prestados. 

Referente ao suposto áudio da senhora esposa do ex secretário de obras, afirmo ser inverídica as acusações ao meu respeito e todas as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas. 

Que todos tenhamos um ótimo final de semana!

Que Deus continue sempre nos abençoando! 

Prefeita Clediane Areco Matzenbacher

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui