Início Saúde Após instabilidade em sistema federal, registros acumulam e MS bate recorde em...

Após instabilidade em sistema federal, registros acumulam e MS bate recorde em número de mortes por Covid

0

Mato Grosso do Sul confirmou 60 mortes por Covid-19 nesta quinta-feira (25). É o maior número desde o início da pandemia. Segundo a secretaria estadual de Saúde (SES), essa grande quantidade registrada no boletim epidemiológico da doença é resultado de uma instabilidade no sistema federal Sivep-Gripe na terça-feira (23), o que fez com que os municípios apresentassem dificuldades para acessar e inserir as informações. 

Ainda de acordo com a SES, essa oscilação fez com que fossem apresentados nesta quinta os dados que foram represados nos dias anteriores. Nesta quarta-feira (24), o Ministério da Saúde reconheceu quem uma mudança implantada no Sivep-Gripe impactou no número de mortes registradas por Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul. A pasta, inclusive, atendeu pedidos das principais entidades de secretários de Saúde no Brasil e voltou atrás nas alterações para que o sistema voltasse a operar normalmente. 

Apesar do problema, com os óbitos confirmados nesta quinta, Mato Grosso do Sul atingiu em março 616 mortes por Covid-19. O mês ainda não terminou, mas já é o pior, em número de vidas perdidas de toda a pandemia. Supera dezembro, que contabilizou 587. 

Desde março de 2020, quando foi confirmada a primeira morte pela doença no estado, o total de mortes chega a 3.975. 

Mato Grosso do Sul registrou também 1.256 casos novos nesta quarta. O total de infectados pelo novo coronavírus atingiu 206.968 pessoas. 

Desse total, 13.830 são considerados casos ativos, sendo que 12.712 pessoas que estão com sintomas leves ou assintomáticas estão em isolamento domiciliar e 1.118 hospitalizadas. O número de internados é um novo recorde na pandemia. 

Entre os pacientes internados, 649 estão em leitos clínicos e 469 em unidades de terapia intensiva (UTIs). A taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de Covid no estado chegou na manhã desta quinta a 100%. 

O estado tem ainda 11.906 casos suspeitos da doença. São 2.628 testes aguardando resultado nos laboratórios e 9.278 que não foram encerrados pelos municípios. 

Em contrapartida, Mato Grosso do Sul atingiu a marca de 189.163 pessoas recuperadas, o que representa 91,3% do total de infectados. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui