Início Saúde MS tem segundo pior dia da pandemia com mais 41 mortes confirmadas...

MS tem segundo pior dia da pandemia com mais 41 mortes confirmadas e novo recorde de hospitalizados

0

Mato Grosso do Sul confirmou 41 mortes e 1.108 pessoas hospitalizadas por Covid-19. É o segundo maior número de óbitos deste o começo da pandemia e o novo recorde de pacientes internados por causa da doença. 

O estado totalizou nesta terça-feira (23), 3.895 vidas perdidas para a Covid. O número de mortes em março atinge 536. O mês ainda não terminou, mas já é o terceiro com maior número de óbitos. Somente dezembro, com 587, e janeiro, com 569, registraram uma quantidade maior. A taxa de letalidade permanece em 1,9%. 

Campo Grande se mantém como a cidade com o maior número de mortes, 18, seguido por Ponta Porã, com 4, Rio Brilhante, Anaurilândia, Três Lagoas e Coxim com 2. Outros 11 município registram um óbito cada: Naviraí, Ribas do Rio Pardo, Corumbá, Itaquiraí, Nioaque, Paranhos, Aquidauana, Miranda, Brasilândia, Costa Rica e Sidrolândia. 

Nesta terça, o estado confirmou 1.265 casos novos, o que elevou para 204.096 infectados desde o início da pandemia. 

Sobre a ocupação de leitos, o estado registra na manhã desta terça uma taxa de 104% das unidades de terapia intensiva (UTIs). Em Campo Grande, a superlotação é ainda maior, 106%. 

Somente em Campo Grande havia nesta manhã 191 pacientes aguardando vagas em leitos clínicos e de UTI, sendo 24 intubados em unidades de pronto atendimento (UPAs) e centros regionais de saúde (CRSs), 1 sendo mantido com ventilação usando o ambu e 35 com máscara de oxigênio. 

O estado tem atualmente 12.918 casos ativos de Covid. Estão em isolamento 11.810 pessoas que estão assintomáticas ou têm sintomas leves. Outros 1.108 estão hospitalizados. É o maior número de toda a pandemia. 

Dos internados, 634 estão em leitos clínicos e 474 em UTIs. 

Em contrapartida, 187.283 pessoas se recuperaram da doença. Esse número representa 91,7% dos infectados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui