Início Economia Para driblar efeitos do toque de recolher, Prefeitura e Aejar propõem drive-thru...

Para driblar efeitos do toque de recolher, Prefeitura e Aejar propõem drive-thru em estabelecimentos de Jardim

0

Na tentativa de driblar os efeitos negativos no comércio de Jardim, causados pelo toque de recolher imposto pelo Governo de Mato Grosso do Sul, a prefeita Dra Clediane Matzenbacher (DEM), o assessor jurídico da Prefeitura, Tom Baltha, e o vice-presidente da Aejar (Associação Empresarial de Jardim), Claudemyr Soares, discutiram estratégias para blindar os estabelecimentos comerciais dos prejuízos econômicos, enquanto vigorar o decreto estadual.

Nesta terça-feira (16), durante transmissão ao vivo na página da prefeita, eles propuseram aos proprietários de comércio noturno a implantação do sistema drive-thru, com funcionamento até às 20h, horário em que inicia o período de reclusão obrigatória. Conforme Clediane, a modalidade de delivery poderá atuar 24h, durante a semana e aos finais de semana.

Na live, a prefeita explicou que o drive-thru não permite a circulação de pessoas fora dos veículos. Está proibido, ainda, o consumo no estabelecimento e em espaços públicos. “O cliente permanecerá isolado, esperando seu pedido, para ir para residência consumir”, salientou.

A medida deve dar fôlego ao comércio local, que já enfrenta restrições desde o último domingo (14). Segundo o decreto do Estado, das 20h às 05h está proibida a circulação de pessoas, exceto motoentregadores e profissionais que trabalham nos setores considerados essenciais.

“São novos desafios que requerem novas abordagens e a Prefeitura de Jardim está do lado do comércio da cidade. Vamos vencer juntos!”, publicou o órgão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui