Início Policial Polícia descobre explosivo e barras de ferro cortadas e acaba com...

Polícia descobre explosivo e barras de ferro cortadas e acaba com plano de fuga do PCC em presídio

0

A polícia paraguaia frustrou mais um plano de fuga na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã. Essa foi a quinta vez que presos tentam escapar do presídio após a fuga em massa de 75 detentos, em janeiro de 2020.

De acordo com o Campo Grande News, até explosivos seriam usados no plano descoberto na madrugada desta quinta-feira (4) e atribuído à facção brasileira PCC (Primeiro Comando da Capital). O artefato foi encontrado ao lado da muralha. O objetivo seria abrir buraco no muro para a saída dos presos.

O Ministério da Justiça do Paraguai informou que barras de ferro das celas já tinham sido cortadas. Os presos sairiam pelas janelas até o pátio, de onde escapariam pelo buraco na muralha.

Pelo menos 900 presos estão recolhidos na penitenciária. Após a descoberta do plano, o governo paraguaio proibiu temporariamente a entrada de novos detentos.

Segundo a ministra da Justiça Cecillia Pérez, um detento já tinha saído da cela e estava no pátio. Ele tinha a missão de detonar o explosivo para abrir buraco no muro.

Conforme o Ministério da Justiça, após os agentes penitenciários localizarem o explosivo, entraram no pavilhão chamado de “A Alta”, onde ficam os presos ligados ao PCC. No local encontraram as grades da cela 28 serradas.

Ainda segundo o governo do país vizinho, após a descoberta do plano, a Direção Geral de Estabelecimentos Penitenciários reforçou a segurança em todos os presídios paraguaios.

Há dois dias, agentes penitenciários encontraram armas artesanais, bebidas e até pés de maconha durante buscas para tentar descobrir suposto túnel que estaria sendo aberto para outra fuga em massa na cadeia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui